Entenda como montar uma estratégia de Branding para sua empresa

Quando o assunto é estratégia de branding, muitos dos empreendedores que atuam em empresas de pequeno e médio porte pensam: isso não é comigo! Mas muito se engana quem pensa que branding é assunto só para os peixes grandes e fortes no mercado.

Essas empresas e marcas estão nessa posição justamente por terem pensado e elaborado uma boa estratégia desde o seu inicio e é exatamente sobre isso que vamos falar agora.

Branding, afinal o que é isso?

Segundo Wally Olins, um dos homens mais importante na área, branding é persuadir os de fora a comprar, e persuadir os de dentro a acreditar.

As estratégias de branding envolvem todas as ações pensadas e direcionadas para diferenciar você de seu concorrente, criando uma identidade de marca que vai além do nome e do logotipo, trabalhando de forma mais subjetiva com emoções, valores e percepções que serão direcionados ao seu público-alvo.

Os pilares da construção de uma marca

O processo de construção de uma marca passa por alguns pontos importantes, que são: posicionamento, definição de negócio e proposta de valor. O posicionamento determina com quem você vai se comunicar, ou seja, qual o seu público consumidor. Pensar em posicionamento é pensar em relacionamento com esse target e estabelecer relações com ele.

A definição do seu negócio deve ser baseada em qual produto ou serviço você quer entregar para esse público e a sua proposta de valor é, de forma resumida, qual beneficio o consumidor da sua marca vai encontrar ao optar pelo seu produto/serviço.

Alinhe o seu público interno

Com os três pilares acima devidamente estruturados, sua estratégia de branding já está bem direcionada. Cabe aos profissionais de marketing, que trabalham junto à empresa, cuidarem para que a gestão da marca seja feita de forma coerente com os princípios definidos. Como citado por Olins, para o sucesso de uma marca, é necessário que aqueles que trabalham para sua construção acreditem em sua missão e levem a sério os seus valores.

Esse processo de construção de identidade é lento e nada melhor do que contar com as pessoas mais próximas para a disseminação dessa cultura.

Crie relações de confiança

Tendo o seu público interno alinhado com os objetivos e características da sua marca, é hora de fazer com que o seu consumidor apaixone-se por ela.

Seja honesto com ele: de nada adianta ser uma marca jovem e com muita energia se os seus processos são duros e burocráticos, ou se você não apresenta soluções inovadoras e disruptivas em relação a seus produtos e serviços.

Conte uma boa história

Envolva as pessoas com boas histórias, conte aos seus clientes casos de sucesso de pessoas que tiveram boas experiências com sua marca. Mostre como vocês podem fazer a diferença na vida de alguém, crie enredos empolgantes e cative cada vez mais seu público.

Mantenha um padrão

Toda sua comunicação deve ser integrada e ter pontos de ligação, portanto, mantenha sua estratégia de comunicação firme.

Seja nas redes sociais, nos canais de atendimento ao consumidor, no PDV, nas campanhas online ou off-line, é importante que todo material de comunicação siga um padrão de identidade que tenha relação com o posicionamento e o público previamente definidos.

A melhor estratégia de branding

Uma boa estratégia de branding é muito mais que criar um bom logotipo: o design será muito mais importante para se diferenciar do seu concorrente, mas não estará sozinho.

Tenha um slogan, saia do óbvio, entregue qualidade em tudo o que fizer, reinvente-se se for necessário. Mesmo que pareça difícil ou trabalhoso investir em branding, isso fará muito bem para o fortalecimento da sua marca.

Quer saber mais sobre esse e outros assuntos? Assine nossa newsletter e fique por dentro de tudo que está rolando!

Compartilhe com seus amigos:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestShare on TumblrEmail this to someone